Por que as campanhas de CPA não protegem você contra fraudes - AppsFlyer (Portuguese)
4 Min. Read

Por que as campanhas de CPA não protegem você contra fraudes

Michel Hotoveli Michel Hotoveli Nov 25, 2019

"Nada realmente incrível surgiu da zona de conforto."

– Anônimo  –

Ao estudar as fraudes em suas diversas formas e métodos, você rapidamente descobre que os fraudadores, por natureza, não se deixam sentir confortáveis. Eles não podem se dar ao luxo de permanecer em suas zonas de conforto, pois sabem que estão sendo perseguidos: estão constantemente em movimento, procurando a próxima lacuna ou brecha para explorar.

Os anunciantes, no entanto, tendem a se sentir confortáveis. Seja consciente ou inconscientemente, muitos anunciantes acabam confiando demais em métodos desatualizados que, no momento da implementação, podem realmente ter gerado algum nível maior de desempenho, proteção ou garantia. 

 

A Evolução dos Modelos de Anúncios Mobile

Quando a publicidade em aplicativos mobile chegou ao mercado, os anunciantes foram apresentados ao modelo de custo por instalação (CPI), que recompensa os editores com um pagamento a cada instalação que eles conseguem gerar.

Naquela época, a abordagem dos anunciantes foi a seguinte: "Consiga a instalação para mim, e eu cuidarei da retenção". Isso funcionou bem por algum tempo.

À medida que os fraudadores começaram a focar nas campanhas de CPI e a gerar usuários falsos ou efetuar o hijacking de usuários reais, a qualidade dos usuários começou a se deteriorar, e o foco passou às campanhas centradas em LTV, o que gerou a métrica de eventos in-app e o modelo de CPA – custo por ação.

As campanhas baseadas em CPA foram o passo seguinte na evolução da promoção em aplicativos, e alguns anunciantes chegaram até mesmo a abandonar completamente as promoções de CPI, concentrando-se apenas nos eventos in-app. 

Acompanhando os eventos in-app, um anunciante pode diferenciar os usuários de maior qualidade daqueles de menor qualidade ao medir o engajamento, o progresso e as compras in-app. 

Os anunciantes estavam otimizando não apenas de acordo com a CTR dos seus parceiros de mídia, mas também segundo a capacidade deles de entregar usuários de qualidade.

Quando a qualidade dos usuários começou a melhorar, a crença comum era que a execução de campanhas de custo por ação efetivamente protegia os anunciantes contra fraudes.

As campanhas de CPA foram consideradas (e com razão) como responsáveis por produzir usuários de maior qualidade e mais engajados, principalmente quando comparados aos usuários provenientes de campanhas exclusivas de CPI. 

Bem… Peço desculpas por decepcionar você, mas isso não poderia estar mais distante da verdade.

 

Subscribe to AppsFlyer content

The latest mobile marketing tips & trends delivered to your inbox.

 

Fraudadores Podem se Aproveitar de Campanhas Baseadas em CPA

Voltando à forma como os fraudadores atuam, essa fé cega no poder do CPA como método de prevenção de fraudes é exatamente o que os fraudadores esperam de você, pois eles já estão espertos.

Utilizando bots sofisticados para suas atividades, os fraudadores conseguiram ir muito além da instalação, falsificando eventos in-app e compras no aplicativo.

Em um extenso estudo sobre dados fraudulentos conduzido neste ano, descobrimos que a instalação fraudulenta média gerou cerca de 0,9 eventos in-app em média no quarto trimestre de 2018. Durante o segundo trimestre de 2019, esse número triplicou para 2,7 eventos a cada instalação fraudulenta, o que mostra claramente o caminho no qual os fraudadores estão concentrando seus esforços.

Os aplicativos de jogos, que dependem muito de eventos in-app mensuráveis, são os que mais sofrem com essas fraudes. No entanto, esse problema não é exclusivo da indústria de jogos.

As compras in-app, das quais muitos setores dependem de uma forma ou de outra, também estão se tornando alvo de fraudes sofisticadas.  Um recorde de 2% de todas as compras in-app no segundo trimestre de 2019 foram identificadas como fraudulentas – 10 vezes mais que no primeiro trimestre de 2019.

 

Tudo se resume a $$$

Embora o CPI médio seja de aproximadamente US$ 2,89, as taxas de custo por ação podem ser tão altas quanto US$ 4,58 para um evento de registro (início da jornada do usuário), chegando a até Us$ 40 ou US$ 87 para eventos de compra ou assinatura, respectivamente. 

Portanto, com base nesses números, a recompensa potencial pelas fraudes é significativamente maior. Embora as campanhas baseadas em CPA não sejam tão comuns quanto aquelas baseadas em CPI, a recompensa por uma infiltração bem-sucedida além do ponto de instalação, não detectada pelas ferramentas padrão de proteção contra fraudes, significaria uma recompensa altamente rentável vinda dos eventos de CPA.

 A falsa sensação de segurança gerada pelas campanhas de CPA em alguns profissionais de marketing, juntamente com as altas recompensas envolvidas, fazem desta uma situação na qual os fraudadores somente têm a ganhar.

 

"Para o triunfo do mal, basta que os bons não façam nada."

– Edmund Burke –

 

As fraudes não vão parar de acontecer. Se houver dinheiro a ser ganho, os fraudadores certamente tentarão encontrar uma maneira de pegar uma parte dele. Devemos sempre examinar a situação atual e avaliar nossos próximos passos – ficar parado proporcionará aos fraudadores a pequena vantagem que eles procuram.

Ao analisar a evolução dos modelos de publicidade online, as fraudes realmente são uma parte integrante do desenvolvimento da indústria, pois esta desenvolve métodos criativos para eliminá-las, melhorando seu posicionamento e desempenho no processo.

Agora é hora de seguir em frente mais uma vez, protegendo nossos investimentos através da busca por fraudes onde é desconfortável buscá-las, além da instalação e do ponto de atribuição. 

A detecção de fraudes pós-atribuição é parte integrante do conjunto de proteção contra fraudes da AppsFlyer, o Protect360, pois buscamos identificar fraudes sofisticadas que não são identificadas em tempo real – mas não apenas isso.

Conforme olhamos adiante e desenvolvemos nossos métodos atuais e futuros de proteção contra fraudes, analisamos eventos, comportamentos pós-instalação e dados biométricos de usuários à medida que saímos da nossa zona de conforto, e descobrimos fraudes onde antes acreditávamos se tratar de locais seguros.

Estudo de Fraude Mobile AppsFlyer 2019https://cta-redirect.hubspot.com/cta/redirect/597489/4ee53e94-929f-4d39-91c9-d0f2df61b7adhs-cta-img-4ee53e94-929f-4d39-91c9-d0f2df61b7ad